terça-feira, 19 de março de 2013

RESENHA - RISCO CALCULADO

SINOPSE
 
Com este livro Robin Cook pretende chamar a atenção para os perigos que a nossa sociedade corre com a crescente comercialização de drogas capazes de alterar a personalidade. O romance nos fala do encontro de Edward Armstrong, um investigador especializado em psicofarmacologia, e Kimberly Stewart, descendente de uma mulher condenada à morte durante a caça às bruxas, nos Estados Unidos, no séc. XVII. Armstrong é de opinião que o chamado demônio de Salem teve origem no consumo, involuntário, de um fungo com propriedades alucinógenas, que os habitantes de Massachusetts teriam ingerido misturado nos cereais. O investigador recolhe amostras da propriedade dos Stewart, a partir das quais faz a cultura do fungo para poder provar a sua teoria. Das suas investigações surge um antidepressivo com capacidades terapêuticas notáveis, o Ultra, mas acaba por revelar tratar-se de uma substância capaz de provocar efeitos terríveis.
 
 
 
COMENTÁRIOS
 
Todo mundo já ouviu falar, leu ou assistiu algo sobre a caça às bruxas. Já imaginou você ser descendente de uma mulher que tenha sido condenada por praticar a magia negra? Para falar a verdade eu nunca pensei na hipótese.
O livro vai tratar desse assunto logo no começo do livro que será a chave para o desenrolar de todo o enredo. Elizabeth é condenada a morte sob acusações terríveis, mas é 300 anos após sua morte que o namorado de uma descendente dessa possível bruxa descobre o que realmente aconteceu.
O livro consegue prender a atenção de todo leitor que goste de um bom thriller médico, é de uma leitura que considero fácil – embora contenha alguns termos chatos, por se tratar de psicofarmacologia, mas nada que comprometa a compreensão. E não vá pensando que o livro trata de coisas macabras ou sobrenaturais,que você irá se decepcionar.
O legal é que nesse livro o autor conseguiu falar sobre ética na medicina, ambição demasiada e também consegue abordar sobre “o perigo da crescente comercialização de drogas capazes de alterar a personalidade.” (trecho extraído da sinopse).
Eu me apaixonei por Robbin Cook ainda no meu Ensino Médio, quando li Risco Calculado. Já li várias outras obras, mas essa é – de longe – a melhor. Dou cinco estrelas e recomendo a todos.
 
 
 
SOBRE O AUTOR - ROBIN COOK
 
Médico e escritor, Robin Cook é largamente creditado como o introdutor do termo 'médico' como um gênero literário. Por isso, 20 anos depois do lançamento de seu primeiro livro, "Coma", ele continua a dominar a categoria que ele mesmo criou.

Cook combinou com sucesso fatos médicos com fantasia para produzir uma sucessão de 'Best Sellers' do "The New York Times", incluindo: Mutação (1989), Sinais Vitais (1991), Cego (1992), Terminal (1993), Cura Fatal (1994), Contágio (1996), Cromossomo 6 (1997) e Toxina (1998).

Em cada uma de suas obras, Robin Cook busca escrever sobre os bastidores da prática médica atual. Explorou, entre outras coisas, a doação de órgãos, engenharia genética, a fecundação in vitro, pesquisas sobre drogas e transplantes de órgãos.
 
;)

10 comentários:

  1. Oi.
    A premissa desse livro é interessante, mas é um apena que nem tenha uma parte sobrenatural mais forte... Porém, se eu tiver a oportunidade, leio, sim.
    Bjss
    @moniqueQuimbely
    sete-viidas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A leitura é boa. Acredito que você vá gostar.

      ;)

      Excluir
  2. Ética na medicina? Tem tudo a ver comigo. Não conhecia o autor, mas me interessei bastante, vou procurar saber mais sobre as obras dele.

    ResponderExcluir
  3. Nossa que temática interessante! Eu gostei, além de não conhecer o autor e só saber coisas por cima porque minha mãe lê coisas sobre ele e suas obras, minha mãe tem que ter esse livro pra mim ler!

    ResponderExcluir
  4. Achei a história bem interessante, porém acho que o livro mesmo não chamou muito a minha atenção, infelizmente. Gostei muito da forma que o autor escreve seus livros, bem diferente.

    ResponderExcluir
  5. Achei bastante interessante essa temática! Já tinha ouvido falar de Robin Cook, mas não conhecia seus livros!

    ResponderExcluir
  6. A capa é bem simples e a resenha ficou legal, mas acho que não fazem meu estilo de livro...

    ResponderExcluir
  7. Parece interessante. Depois de tanto tempo procurando, finalmente vc encontrou quem pudesse vender para vc esse livro.

    ResponderExcluir

Encontrou um erro de ortografia, concordância ou de digitação??? Avise-me a melhorar o blog..

;)